22/10/2020

Entre a patologia e a promessa


Uma janela aberta para os olhos é uma promessa. Dentro, o quarto escuro resguardado pelos vidros é uma cela de silêncio, uma patologia. Ou uma promessa de desapego e, lá fora, o aceno do universo torna-se a miragem distante, um condicionamento vulgar.