31/03/2021

26/03/2021

Enquanto a cidade adormece

 E as cigarras cantam sem pressa

Há uma luz onde se esquece

Aquela fímbria de promessa

Que a noite guarda ainda



De um mundo distante

 nem um cão latindo se ouvia 

e mesmo o nervosismo das ondas

adormecia com o sal na secura das areias



24/03/2021

Uma casa na praia

uma espuma de nuvens

sobre as areias se espraia

e qualquer prenda enfeitada

que te pudesse dizer 

não era nada não era nada

só esta vontade 

de nem um dedo mexer



23/03/2021

Como quem chega

 na hora da partida

e lança uma última chama

chamando a primeira

sua luz se derrama

sem deixar de estar inteira

sobre areias e espumas

e uma cidade atordoada ainda

pelo calor do sol



20/03/2021

Espuma de estrelas



"Levantei a laje e estava escrito: «o meu corpo é a tua alma». Cedo compreenderam que aqueles mortos se revisitavam todas as noites"

(Maria Alexandre Dáskalos. Morreu hoje em Luanda)



 

Refluxo em luz

 


quase sempre o movimento está mais perto dos olhos