01/02/2010

cadornega

Muito negócio

De peças e marfim

Chingas de zebras

Também as de elefante

E por notícias

Dos moxicongos

Panos zimbos macutas

Vindos d'além Ocanza

Lhe demos fim

Em descrevê-los

Do lado oriental

Pelos Donges e Jagas

Ervas do campo

Filhas da terra

Coisas extra

Mesmextraordinárias

Nos pumbos de Ocanga

Sua negra seus filhos

Seu amante lagarto

Casas ricas Lu, anda

Sem comentários:

Enviar um comentário